domingo, 25 de fevereiro de 201825/2/2018
+55 83 9 86812319
Muito nublado
22º
23º
30º
Patos - PB
Erro ao processar!
Banner abaixo dos vídeos
Espaço Arretado
Espaço Arretado

Este Blog tem por intuito demonstrar o empoderamento da mulher arretada em todas as searas da vida...

BRASIL
Pai é preso por não aceitar o coito de dois filhos, na sua própria casa
A Justiça Brasileira é também cúmplice da Inversão de Valores na sociedade
Rita Bizerra Patos - PB
Postada em 09/02/2018 ás 14h02 - atualizada em 09/02/2018 ás 14h56
2.423 acessos
Pai é preso por não aceitar o coito de dois filhos, na sua própria casa

Polícia Civil de Patos

O comerciante da cidade de Santa Luzia, sertão da Paraíba, foi preso hoje, sexta-feira, 09, por não aceitar o coito de um filho de 17 anos e uma filha de 16, que resolveram se comportar irresponsavelmento feito marido e mulher, e mãe do rapaz ainda o condena por isso.


Na verdade, o seu Ivam que é pai do rapaz de 17 anos, separou-se da mulher e casou-se com outra, com quem teve dois filhos. Uma mocinha que está com 16 anos e um menino especial, com quem convivia até que a menina apareceu grávida e soube-se que o pai da criança seria o rapaz de 17, irmão dela pela parte do Pai que não aceitou o incesto e deve ter se revoltado, expulsando o rapaz de casa e aceitando permanecer a moça e a criança, por reconhecer a vulnerabilidade social, das duas sem a sua proteção.


Esse fato, desabafa o seu Ivam: "gerou uma intranquilidade na família", e, uma vez que, as mães com a sensibilidade idividual de ser protetoras, estarem a todo tempo querendo defender os filhos e ele como pai, não aceitar em condição nenhuma e união afetiva dos dois.


Em razão dessa discórdia, a mãe da menina saiu de casa e o pai permaneceu com os filhos e a criança gerado do incesto. Porém, nesta madrugada, o pai acorda e surpreende os dois filhos em "coito", dentro da própria casa, e como ele já havia esclarecido para os dois que não aceitava aquilo, se descontrola e surra os dois pelados no quarto.


Para a Justiça, o Pai é crimonoso e foi preso em flagrante. Deverá descer para o presídio e esperar o julgamento, pelo fato de defender os valores da família, da maneira que foi criado pelos seus pais.


Eis a questão. Quem vai ficar aqui fora trabalhando para manter o sustento dessa família, se o menor pode incestar a irmã e gerar uma criança inocente que precisa ser alimentada, mss, ambos, pela própria Justiça não poderão trabalhar por serem menores?


E o outro irmão menor, que é ainda especial (deficiente) e por consequência de tudo isso foi abandonado pela mãe, que também precisa de alimentação e cuidados, como irá sobreviver?


Não teria uma forma educativa para a Justiça trabalhar esse caso específico?


Leia mais notícias no www.paraibamulhermacho.com, siga-nos no FacebookFanpageGrupoTwitter, e futuramente veja vídeos no nosso Canal de Youtube. Envie informações à Redação do site PB Mulher Macho pelo WhatsApp (83) 986812319.

FONTE: Rita Bizerra - Jornalista DRT-PB-3336
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Rita Bizerra
Rita Bizerra

Rita Bizerra- Paraibana com orgulho...rsrs Amante da leitura e da escrita,Licenciada em Letras e Pós-graduada em Língua, Linguística e Literatura, Especialista em Gestão de Negócios, Jornalista e Assessora de Impresa especializada e Empreteca. Com os títulos publicados: Aventuras de Uma Vida e algumas poesias, Olho D'água a Princesinha do Vale, O Verdadeiro Rei do Cangaço (TCC), coautora de Coração de Poeta. Colunista do Periódico Folha Patoense muito tempo. Alma de Mulher...

Patos - PB
(83) 9 86812319 - 9 98100345
ritabizerra@hotmail.com

Publicidade

Facebook

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Enquete
Se as eleições presidenciais do Brasil fossem hoje, em quem você votaria?

Marina Silva
45 votos - 33.8%

Lula
42 votos - 31.6%

Aécio Neves
23 votos - 17.3%

Michel Temer
23 votos - 17.3%

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium