Quinta, 14 de dezembro de 201714/12/2017
+55 83 9 86812319
Claro
23º
23º
36º
Patos - PB
Erro ao processar!
Banner abaixo dos vídeos
MULHER
Governo lança calendário de combate a violência contra mulheres
Governo lança calendário de combate a violência contra mulheres
Rita Bizerra Patos - PB
Postada em 30/11/2017 ás 18h01
1.194 acessos
Governo lança calendário de combate a violência contra mulheres

FOto Ilustrativa

As ações do calendário de atividades dos 16 dias de ativismo de enfrentamento da violência contra mulheres, que encerra no dia 15 de dezembro, estão ocorrendo nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras, Monteiro, Santa Luzia e Patos. Os 16 dias de ativismo promovem o debate e denunciam as várias formas de violência de gênero em todo mundo. Neste ano, a campanha mundial alerta para a violência contra mulheres e meninas de todas as idades.


O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, está com programação de treinamento e capacitação em hospitais de profissionais que atuam nos serviços de atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e sexual, como o Hospital de Trauma, Frei Damião e hospitais de referências do Estado.


A formação nesta quinta-feira (30) ocorreu na Maternidade Frei Damião, em João Pessoa, com profissionais que atuam no Programa de Atendimento as Mulheres Vítimas de Violência Sexual (Pamvs), voltado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual e gravidez por estupro. “A estratégia é sensibilizar todos os profissionais que trabalham nas maternidades e hospitais do Estado”, disse a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares.


Para isso, ela disse que, em parceria com a Secretaria de Estado  da Saúde, também será promovido o seminário Violência Sexual: Um Olhar da Saúde, no próximo dia 13, no Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor), para todos os profissionais que atuam em hospitais e maternidades. “Em parceria pretendemos fortalecer e humanizar o atendimento  das mulheres que chegam na rede de saúde”, afirmou.


Lei Maria da Penha e Feminicídio – Em parceria com a Secretaria de Segurança e Defesa Social e Coordenadoria das Delegacias Especializada de Mulheres, a Semdh está apoiando a realização do seminário sobre a Lei Maria da Penha e Feminicídio, lembrando os 30 anos de atuação das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deams), no dias 6 e 7 de dezembro, na Acadepol, em João Pessoa.


 

Também no calendário está prevista uma atividade pelo aniversário do Centro Estadual de Referência da Mulher Fátima Lopes, em Campina Grande, no dia 14 de dezembro. O Centro de Referência atende mais de 17 cidades da região da Borborema com equipe multidisciplinar nas áreas de psicologia, assistência social e jurídica.


Campanha – O dia 25 de novembro, data que marca o enfrentamento da violência contra as mulheres em todo o mundo, corresponde também ao início da campanha 16 dias de ativismo. Durante o período, que vai até 10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos – são denunciadas e discutidas todas as formas de violência contra a mulher.


Desde sua primeira edição, em 1991, a campanha já conquistou a adesão de cerca de 160 países e, neste ano, tem como lema Não deixar ninguém para trás: acabar com a violência contra mulheres e meninas.


 

FONTE: G1 PB
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium