Terça, 18 de junho de 2019
+55 83 9 96891484
Brasil

12/05/2019 às 15h30 - atualizada em 12/05/2019 às 17h10

952

Rita Bizerra

Patos / PB

UMA POR DIA... O perdão está em todos os presentes
E se em nós ainda resta de amor próprio uma centelha, que seja, desse bem, dediquemos a olhar por essas Marias concebidas.
UMA POR DIA... O perdão está em todos os presentes
Figura ilustrativa

O domingo das mães é um dia de tristeza. Por mais que a vida nos obrigue a "voar fora da asa", a mãe nunca nos empurra do ninho. "A cova dos leões é logo alí".


Há quem diga que essa superproteção acaba por criar uma geração de indecisos.


A verdade é que o instinto materno nos persegue aonde quer que a gente vá. Por isso, nunca deixamos de ser "meninos". E para qualquer situação, uma palavra de conforto.


Reunidos em sua casa os que dela se apartaram. E, por providencia Divina, toda vez será assim. Adotamos o mundo.


De início, a sala cheia; crianças chorando pelos cantos... Depois vão se perdendo os encantos e o vazio retorna impiedoso. E nesse abandono coletivo, as desculpas que a vida inventou. 


O presente é o alento de agora, embrulhado num papel de encomenda. E nem todos os mimos deste mundo, comprados com moedas de valor, comparam-se  ao que ela abdicou.


Para a mãe, representa o mesmo amor; para o filho, uma lágrima de remorso.


Se juntarmos as contendas desta vida, veremos que a soma passa das mil... porém, em todas elas estão os conselhos de mãe, feito oração.


Não há como ser indiferente à essa dor que nos consome, pois de hoje até mais pra frente chegará o fim do que entendemos por amor. E ainda não sabemos a resposta que daremos à pergunta que Deus no formulou.


De todas as experiências já vividas onde existem: carinho, ternura e pranto.. Não há nada que seja parecido com o que dela recebemos... E nem arrisco comparar coisa alguma à esse vínculo quase Sacrossanto.


E se em nós ainda resta de amor próprio uma centelha, que seja, desse bem, dediquemos a olhar por essas Marias concebidas.


Não há mãe que não seja abençoada e, mesmo àquelas que pecaram, um dia serão arrebatadas. 


Por ser filho do amor mais que perfeito, entregue-se à elas a cada dia. E, assim, quando os anjos vierem buscar os seus espíritos, deixarão aqui na terra ossos e pele.


Será também por meio do seu arrependimento que, feito Elias, o fiel, Deus receberá todas as mães lá no céu.

FONTE: Misael Nóbrega de Sousa

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Uma por Dia de Misael Nóbrega

Uma por Dia de Misael Nóbrega

Blog/coluna Aqui serão postados todos os dias um artigo escrito pelo Escritor Misael Nóbrega, sobre os mais variados temas
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium